Publicado em 2021-02-12 13:07:06

Balança comercial de Araraquara registra saldo positivo em janeiro

Ao todo, exportações somaram US$ 51,32 milhões, enquanto as importações totalizaram US$ 5,11 milhões

A balança comercial de Araraquara iniciou 2021 com superávit de US$ 46,21 milhões. Segundo dados da Secretaria do Comércio Exterior e o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (SECEX/MIDIC), em janeiro, as exportações somaram US$ 51,32 milhões, e as importações, US$ 5,11 milhões. A comparação com o mês de janeiro de 2020 revela alta expressiva nas exportações (135,6% ou US$ 29,5 milhões) e queda de 23,3% (ou US$ 1,6 milhão) nas importações.

Visão geral da balança comercial de Araraquara – Janeiro de 2021


Fonte/Elaboração: Secex/Midic.

Em relação aos tipos de produtos mais exportados pelo município, os bens intermediários constituíram 90,8% (US$ 46,59 milhões) dos negócios, seguido dos bens de consumo e bens de capital, com participações similares de 5,1% (US$ 2,61 milhões) e 4,1% (US$ 2,12 milhões), respectivamente. Nas importações, a demanda de Araraquara também ficou concentrada nos bens intermediários, com 42,7% (US$ 2,18 milhões) do total, seguido dos bens de capital, com 32,2% (US$ 1,65 milhão), e dos bens de consumo, com participação de 25,1% (US$ 1,28 milhão).  

“A concentração tanto das exportações quanto das importações em bens intermediários tem como motivação a relevância do setor cítrico para a cidade. Ao mesmo tempo em que representa a maior parte das exportações, o setor também importa grandes volumes de máquinas e equipamentos para a sua indústria”, avalia João Delarissa, analista econômico do Sincomercio Araraquara.

Balança Comercial por tipo de bem – Araraquara jan/21


Fonte:
Secex/Midic. Elaboração: Sincomercio

Resultado 2020

Em 2020, as exportações de Araraquara somaram US$ 504,51 milhões, com redução de 2,1% frente ao mesmo período do ano anterior. Já as importações registraram US$ 49,53 milhões, o que significa uma redução de 22,4% na comparação interanual. O saldo da balança em 2020 foi de superávit de US$ 454,98 milhões, resultado que posicionou o município na 21ª colocação do ranking de exportações do Estado de São Paulo e em 85ª no ranking nacional.

A partir da análise dos produtos transacionados, foi verificado que os sumos de frutas representaram 61% das exportações realizadas no ano passado. No entanto, o principal produto da pauta exportadora araraquarense, que foi responsável por arrecadar US$ 309 milhões no ano, representa apenas uma parcela das exportações do setor cítrico, que atua paralelamente nos segmentos de soja, frutas e subprodutos vegetais. A indústria da carne bovina também foi destaque no período, com participação de 7,7%, ou US$ 38,8 milhões, nas exportações locais.

Quanto às importações, a pauta apresentou maior diversificação dos produtos transacionados. Os itens que lideraram as compras do município foram as máquinas e equipamentos para preparação de alimentos (9,5% ou US$ 4,72 milhões), as carnes de peixes congeladas (9,4% ou US$ 4,66 milhões) e as máquinas e equipamentos para a confecção de produtos têxteis (6,4% ou US$ 3,18 milhões).