Publicado em 2018-11-14 11:53:57

Pesquisar preços em supermercados pode gerar economia de até R$ 1.183,00 por ano

 A diferença no final do ano pode ser utilizada para pagamento de dívidas ou para as compras de Natal

  Pesquisar preços até nos itens mais simples na hora das compras no supermercado pode gerar uma grande economia no bolso do consumidor de Araraquara. De acordo com levantamento, feito pelo Núcleo de Economia do Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (Sincomercio), a diferença de preços entre os valores aplicados pelos supermercados, considerando a mesma cesta de produtos, pode chegar a até R$ 98,60 em um mês ou até R$1.183,00 no ano.

 Os dados têm como base a análise semanal da cesta básica realizada pelo Núcleo de Economia do Sincomercio, que considera o preço de 31 itens, divididos entre alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal de nove supermercados de Araraquara. Para a pesquisa foram considerados os preços aplicados no mês de outubro, além da diferença entre os custos finais nos supermercados com a cesta mais cara (R$ 583,45) e a mais barata (R$ 484,45) encontradas. 

 Délis Magalhães, economista do Sincomercio, ressalta que muitas vezes o mesmo produto é encontrado com diferentes preços, e pesquisar antes de comprar é sempre uma boa opção para quem quer economizar.

 A economista ainda revela que a economia no final do ano pode ser utilizada de diversas formas, desde pagamento de dívidas, até a compra de presentes de Natal. “É sempre importante analisar as opções existentes na sua região e comparar os preços dos itens mais comprados na sua residência. Muitas vezes, mesmo que a distância até determinado mercado seja maior, o desconto final acaba compensando”, explica.

Variação dos preços da Cesta Básica – Outubro/2018: