Publicado em 2018-08-28 11:19:54

Juros baixos impulsionam vendas de automóveis na região de Araraquara

Crescimento se estende também ao comércio de autopeças

A estabilidade da taxa básica de juros (SELIC) em baixos patamares, as melhores condições de renda e as diversas modalidades de financiamento, têm motivado o consumidor a trocar de carro. Um levantamento feito pelo Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (Sincomercio) aponta que os juros para o financiamento de automóveis - concedidos pelos Bancos, ou pelas Financeiras, para aquisição de bens ou serviços, chamado Crédito Direto ao Consumidor (CDC) -, encerraram o mês de junho em 1,87% ao mês e 24,46% ao ano. Esse é o menor valor registrado desde dezembro de 2014.

 Variação das taxas de juros – CDC: Financiamento de Automóveis (em %)

Pegando carona nos juros mais baixos e no envelhecimento da frota, os preços promocionais e a valorização de veículos seminovos na troca, têm sido algumas das estratégias utilizadas pelas concessionárias. Além disso, as oscilações no preço dos combustíveis têm incentivado a procura por veículos mais novos, com tecnologia que permite uma maior autonomia com menor consumo.

 Na região de Araraquara, por exemplo, somente no primeiro quadrimestre deste ano o faturamento das concessionárias de veículos cresceu 7,7% em comparação a igual período de 2017. O bom momento do segmento teve efeitos positivos também sobre a atividade de autopeças e acessórios, que já avançou 4,6% nesse mesmo intervalo.  

  Segundo Délis Magalhães, economista do Sincomercio, o consumidor precisa pesquisar e comparar as opções ofertadas pelos bancos e concessionárias que variam de acordo com o perfil do cliente e o relacionamento dele com a instituição.  “É importante respeitar os limites orçamentários e evitar a compra por impulso, já que se trata de um bem de alto valor que necessita de um planejamento financeiro em longo prazo” afirma.