Publicado em 2018-05-25 18:35:58

Preço da cesta básica em Araraquara apresentou queda de 7%

A economia chega a quase R$ 38; valor é referente comparativo entre abril de 2018 e mesmo período de 2017

  O preço da cesta básica em Araraquara apresentou queda de 7% no comparativo entre abril de 2018 e igual período de 2017. O valor passou de R$ 541,47 para R$ 503,84, resultando em uma economia de quase R$ 38. É o que aponta um levantamento do Núcleo de Economia do Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (Sincomercio), com base na pesquisa semanal realizada em nove supermercados no município com diferentes marcas de produtos. A coleta de preços envolveu o total de 31 produtos nas categorias: alimentação, higiene pessoal e limpeza doméstica, itens considerados básicos para as famílias brasileiras. 

  Dos 31 produtos apurados pela pesquisa, 22 apresentaram quedas nos preços no comparativo anual. Na categoria alimentação as principais variações atingiram itens de grande presença na mesa dos consumidores, como o leite em pó que ficou R$3,47 mais barato, a carne de segunda (Acém), que recuou R$1,41 e o frango resfriado, com redução de R$0,94.

  Em contrapartida, a cebola apresentou alta no preço, com aumento de R$ 1,98 no valor do quilo.  Os problemas climáticos afetaram a produção e acabaram elevando a cotação do produto.

Variação – Preço dos Alimentos (Abril 17/18):

As categorias limpeza doméstica e higiene pessoal, também apresentaram quedas. O desodorante spray e o sabão em pó, que costumam pesar no bolso do consumidor pelo alto custo, ficaram respectivamente R$1,80 e R$0,56 mais baratos de acordo com a pesquisa. “Os valores podem parecer baixos, mas quando aplicados a diversos itens acabam gerando uma economia final considerável”, afirma Délis Magalhães, economista do Sincomercio.

            No contexto geral, segundo a pesquisa, todas as categorias apresentaram reduções no período analisado: alimentação (7,8%), limpeza (5,6%) e higiene pessoal (2,9%). Para Délis, “essa manutenção de preços baixos é fundamental para a recuperação do poder de compra e bem estar do consumidor araraquarense”, afirma.

Variação Percentual – Por Grupos (Abril 17/18):