Publicado em 2017-12-29 18:59:58

Movimento no comércio de Araraquara registra aumento de 5,2%

Movimento no comércio de Araraquara registra aumento de 5,2% na semana que antecedeu o Natal

O número de pessoas que visitou os principais corredores comerciais de Araraquara na semana que antecedeu o Natal cresceu 5,2% em 2017, em comparação ao mesmo período do ano passado. O levantamento, realizado pelo Núcleo de Economia do Sindicato do Comércio Varejista de Araraquara (Sincomercio), utilizou como base dados da Boa Vista SCPC referentes ao período de 18 e 24 de dezembro.

 O aumento demonstra que o consumidor araraquarense está mais confiante e, neste ano, optou por investir mais em presentes. “Mudanças positivas no cenário econômico nacional, como a queda nas taxas de juros e a conseqüente expansão de crédito, além da melhoria nos níveis de emprego e renda estão impactando positivamente no setor, o que faz o consumo crescer, como indicado na pesquisa”, aponta Délis Magalhães, economista do Sincomercio.

 Segundo ela, o crescimento da movimentação natalina nos corredores comerciais confirma também a recuperação do setor varejista, um dos mais afetados pela crise: “Esse segmento é movido inteiramente pelas decisões de consumo das famílias e, com a confiança em alta, sinais de melhora foram registrados durante todo o ano, principalmente se compararmos com os resultados de 2016”.

 Queda na inadimplência

Outro dado positivo registrado no período foi a queda no número de inadimplentes que foram às compras de Natal. Segundo a pesquisa do Núcleo de Economia do Sincomercio, houve uma redução de 34% em relação ao ano passado. “O dado mostra que uma fatia desses consumidores estava com o orçamento mais organizado, reforçando a mudança de comportamento das famílias em relação ao período de crise”, explica a economista.

 Metodologia

A análise do Sincomercio Araraquara utilizou como base o indicador Movimento do Comércio, elaborado a partir da quantidade de consultas à base de dados da Boa Vista SCPC, por empresas do setor varejista.